Empoderamento Pessoal com o Eneagrama

About

Você sabia que o eneagrama de personalidade pode se tornar um instrumento importante na sua jornada de autoconhecimento?

Acredite: trata-se de uma poderosa ferramenta que ajuda a explorar seu pleno potencial na vida pessoal e nos negócios.

A nomenclatura pode até parecer estranha ou abstrata, sem utilidade no mundo corporativo e nas suas relações afetivas.

Mas é justamente o contrário.

A verdade é que o eneagrama de personalidade pode auxiliar pessoas e empresas a atingirem resultados extraordinários.

A prova disso está nas informações que reunimos aqui.

Ficou curioso?

Então, siga a leitura e descubra por que o Eneagrama é um instrumento para revelar todo o seu potencial e, consequentemente, para a conquista de grandes objetivos.

eneagrama_mod1_novo_layout_edited.jpg

O que é o Eneagrama das Personalidade?

O eneagrama de personalidade é um modelo que descreve as diferenças individuais de cada pessoa, tendo por base nove distintos tipos de personalidades.

Para você entender melhor, em uma descrição ilustrativa, o eneagrama é uma figura geométrica de nove pontas, composta por um círculo, um triângulo e uma hexade (a qual conecta os números 1-4-2-8-5-7).

Ele pode ser usado no estudo de qualquer processo contínuo, pois a sua lógica é a de que o fim é sempre o início de um novo ciclo.

O eneagrama não é algo novo.

A essência do que ele representa está presente desde o pensamento grego de Pitágoras, passando pelo judaísmo, cristianismo e islamismo.

Muitos pensadores e doutrinas utilizaram o eneagrama em seus estudos.

Mas a criação do eneagrama como conhecemos hoje teve seu início no século 20.

No início da década de 1950, o filósofo boliviano Oscar Ichazo associou as nove pontas do eneagrama aos nove atributos divinos que refletem a natureza humana, oriundos da tradição cristã.

Nascia, assim, a relação entre o eneagrama e os nove tipos de personalidades.

Eram os primeiros passos dessa ferramenta que, atualmente, está cada vez mais popular.

Em 1971, Ichazo criou, no Chile, o Instituto Arica, a partir do qual ensinou o eneagrama a alguns estudantes.

Mais tarde, fundou outro instituto nos Estados Unidos e, a partir daí, passou a ensinar o eneagrama em workshops de desenvolvimento pessoal.

Claudio Naranjo, psiquiatra chileno criador da Gestalt-Terapia, aprendeu o eneagrama nos cursos de Ichazo e o levou para os Estados Unidos, já com o nome de Eneagrama de Personalidade, nos anos 1970.

Naranjo relacionou os tipos do eneagramas às características psiquiátricas que conhecia e expandiu as descrições de Ichazo, montando um sistema de tipologias.

O eneagrama tornou-se popular, enfim, com a publicação do livro “O Eneagrama”, de Helen Palmer, em 1988.

No sistema de eneagrama, encontram-se nove tipos de personalidades, ou seja, nove diferentes crenças e motivações, que geram padrões de comportamentos.

Cada um dos tipos possui pontos fortes e fracos.

Mas para que serve tudo isso?

Bem, ao entender qual é o seu tipo e descobrir como explorar seus pontos fortes e aprimorar seus pontos fracos, você terá em mãos uma poderosa consciência pessoal, capaz de transformar sua realidade por meio de ações.

Qual é a aplicação do Eneagrama?

O eneagrama é utilizado, juntamente com outras técnicas, para gestão emocional e desenvolvimento humano.

Antes de pensar que isso pode ser algum tipo de “autoajuda” desnecessária, saiba que o eneagrama gera resultados que podem ser mensurados, inclusive, em números.

Um estudo de benchmark, publicado em 2011 pela Enneagram in Business Network (EIBN), por exemplo, demonstrou que a aplicação do eneagrama em 72 empresas, de 20 países diferentes, resultou em um crescimento expressivo em diversas habilidades.

As principais:

  • Comunicação

  • Liderança

  • Inteligência Emocional

  • Tomada de decisões.

Mas como isso é possível?

Bem, o mapa do eneagrama descreve as nove emoções humanas, cada uma delas relacionada a um padrão específico de comportamento.

Dessa forma, possibilita que as pessoas se tornem mais conscientes de suas emoções, seus padrões de atuação, seus elementos motivadores e desmotivadores.

De porte desse conhecimento, você poderá se tornar autoconsciente e explorar ao máximo seus potenciais pessoais e profissionais.

Em outras palavras, o eneagrama traz consciência para os padrões de comportamento, oferecendo alternativas para que o indivíduo possa se desenvolver através do autoconhecimento.

Não é à toa que a ferramenta é amplamente utilizada na área empresarial e da psicologia.

Afinal, ela é extremamente útil para gerentes, supervisores e quaisquer profissionais envolvidos com o gerenciamento de equipes, pois possibilita o conhecimento e o aproveitamento eficaz de cada talento.

Conclusão:
Eneagrama como ponto-chave para o crescimento

Não se trata de uma ferramenta para apontar o que você é ou não é.

Como vimos neste artigo, o eneagrama de personalidade não é uma espécie de diagnóstico definitivo.

Não se trata de uma ferramenta para apontar o que você é ou não é.

Ele é um instrumento que pode servir como ponto de partida para o autoconhecimento.

Um diagnóstico do seu comportamento e uma bússola para guiar os próximos passos.

E, pode acreditar: o autoconhecimento é a primeira etapa dessa jornada

Nessa direção, você vai transformar verdadeiramente sua realidade, desenvolvendo novas competências e potencialidades e trazendo seus sonhos mais ousados para a realidade.

Para isso, é importante contar com quem já tem grande experiência em eneagramas, análise de personalidade, mapas mentais e desenvolvimento de potencialidades.

Com o coaching, você pode atingir objetivos mais facilmente e, mais do que isso, encontrar metas realistas e factíveis para de fato se mover em direção ao futuro que você realmente deseja.

E você, já se reconheceu em algum dos nove tipos de personalidade?